Entenda o que é o Ho’oponopono

Ho’oponopono sons curativos. Assim como existe vibração em cada SER, todos emitimos sons. De certa maneira, ao reproduzirmos sons, nos tornamos o que expressamos. Todos somos sons. Todos os desconfortos, dores, bloqueios, preocupações e limitações que são gerados no nosso SER vão sendo armazenados na nossa vivência, nas nossas memórias. Ao praticar Ho’ponopono nos conectamos com o eu interior, e melhor conexão não existe ao pronunciarmos essas maravilhosas palavras mágicas.

O Deus do universo nos presenteou com estas palavras especiais:

Eu sinto muito; Me perdoe; Eu te amo; Sou grato.

Ao dizer essas palavras, ao ouvir essas palavras, com intenção profunda do SER, tem início um processo de cura emocional. Por serem simples palavras, os sons externos se conectam com a consciência do eu interior. O organismo de nosso SER percebe e recebe esta energia, e por mais sutil que pareça, cada som pronunciado ou pensado vai se convertendo em cura e nos corrigindo gradativamente. Somente nós podemos autorizar nossa mente para liberar ou libertá-la da dor para a cura.

Na nossa mente nasce os problemas. Na nossa mente se resolve os problemas.

Todas as frases nos fazem refletir, nos fazem pensar, nos ajudando a entender, compreender e saber o que deve ser mudado. Não é para mudar as outras pessoas, a mudança começa em nós, no nosso SER. Todas as frases ditas em sequência têm a ação de limpar memórias. A limpeza é mental, emocional e espiritual. Isto é Ho’oponopono.

A frase “Eu sinto muito” nos faz refletir sobre o sentir, sentimentos incondicionais, sem dor ou com dor, de um passado mal resolvido ou do presente armazenados em nossa memória. Somos responsáveis pelo que acontece conosco. Ao permitir-se reconhecer isso, abre-se possibilidades. Esta é a primeira etapa do processo de cura.

A frase “Me perdoe” nos faz refletir sobre o perdão, o perdão de si mesmo. O não perdoar-se causa doenças. “Perdoar os outros como a si mesmo”, já dizia o Mestre, esse é o caminho. A compreensão do ato de perdoar e de perdoar-se proporcionará a cura no tempo passado e presente. O alívio pode ser automático, mas todo o processo é gradativo.

A frase “Eu te amo” nos faz refletir sobre o amar-se. Ame-se primeiro, para poder expandir e irradiar para todo mundo, para o universo, esse sentimento maior e genuíno. Pronuncie Te amo para alguém que é importante para você. Sim, isso mesmo, derruba qualquer barreira, qualquer conflito, qualquer desconforto. O poder do Eu te amo é tão forte que une dimensões, conecta seres e é o maior empoderamento que existe.

Permita receber e acolher o espírito do amor em seu SER. 

A frase “Eu sou grato” nos faz refletir sobre a gratidão. Ao agradecer por tudo, as coisas boas e as ruins, pelos problemas e pelas soluções. A ação de agradecer é incrível! É a expressão maior do SER.

Pratique Ho’oponopono. 

Permita-se tornar-se uma pessoa mais consciente e feliz, e assim sua luz interior brilhará e irradiará intensamente!

Eu sinto muito.
Me perdoe.
Eu te amo.
Sou grato.

Fonte: Eu Sem Fronteiras

 Link para este post:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *